janeiro 11, 2006

Sanjoaninas 2006

Os primeiros dias de 2006 já estão fora, e já se ouvem os primeiros comentários à cerca das contratações para a feira taurina mais importante do arquipélago dos Açores.
Joaquim Bastinhas, Luís Rouxinol e João Salgueiro são os cavaleiros de alternativa já confirmados, estão também confirmados os grupos de Forcados Amadores da Tertúlia Tauromáquica Terceirense e os Amadores de Alcochete.
Ainda por confirmar, publicamente, está a alternativa do terceirense Tiago Pamplona na primeira das três corridas que compõe a feira das Sanjoaninas de 2006. Podemos com certeza adiantar que nas três corridas agendadas irão ser lidados toiros de ganadarias Terceirenses.
Faltam ainda saber quem serão os artistas que irão compor a parte apeada da feira.

Comentário

Ao ler nos jornais locais que o cabeça de cartaz das Sanjoaninas 2006 era o elvense Joaquim "Bastinhas" , digo-vos em tom de verdade que fiquei desiludido e desiludido fiquei com o também regresso do cavaleiro de dinastia João Salgueiro.
A primeira desilusão foi porque o Joaquim "Bastinhas" tem tido nas últimas temporadas uma passagem quase medíocre pelas arenas nacionais e longe dos tempos áureos em que cada tarde era um triunfo, sobressaiu apenas em uma ou outra corrida de menos importância e conseguindo "triunfos", apenas por ser este um toureiro popolarucho. Vi em alguns trechos televisivos a forma como este procura o público de braços no ar a pedir palmas por aquilo que poucos segundos antes não foi capaz de executar, ferros a cilhas passadas algumas vezes a garupa passada e sem arrematar as sortes, assim não. Se este cavaleiro reconhecido pelo sua alegria e exuberância vier à Ilha Terceira praticar o toureio que têm praticado nos últimos tempos de certeza que não será reconhecido o seu valor. Espero sinceramente ver um "Bastinhas" alegre mas cumpridor das regras básicas do bom toureio a cavalo que em outros tempos foi capaz de executar para bem do público aficcionado terceirense.
A segunda desilusão foi dentro da mesma tónica da anterior só que com uma pequena diferença a inconstância da época anterior, o cavaleiro João Salgueiro ora triunfou forte ora o pertardo era grande, se armar o taco e trouxer bons cavalos à nossa ilha que vaiam de frente aos toiros sem as "tradicionais" batidas ao píton contrário, enganadoras do bom toureio frontal então sim teremos boas hipóteses de o ver triunfar. Assim espero e espero também escrever a crónica das Sanjoaninas e dizer que estava enganado ao ter ficado desiludido com a primeira notícia referente ao cartel.
Uma observação para a redução dos espectáculos que a meu ver deveriam manter o figurino de épocas anteriores que eram de quatro espéctaculos.
Mas não foram tudo desilusões, fico contente com a possível alternativa do nosso Tiago, que em boa hora seja e que esta época seja um início de uma longa e boa carreira profissional. Também me congratulo com a vinda de um grupo de forcados rijo, como o é, os Amadores de Alcochete capitaneados pelo João Pedro Bolota, a pôr fim à polémica do ano anterior quando o nosso grupo e bem teve de pegar sozinho toda a feira.
Por fim mas não o último pois os últimos são sempre os primeiros, é bem vinda a presença do máximo triunfador da época passada no Continente Português. A crítica foi unanime pois foi destacado com vários prémios para a melhor lide em corridas e feiras de postín, é ele o cavaleiro Luís Rouxinol. Outros cavaleiros bons haviam para cá vir, mas não podem estar cá todos.
Fico à espera do resto dos cartéis esperançado que iremos assistir a bons momentos de toureio.

0 comentários: