dezembro 10, 2006

“Toureio a Cavalo e a Arte de Pegar Toiros”

Realizou-se ontem, com casa cheia, pelas 21 horas no Salão João de Borba da Tertúlia Tauromáquica Terceirense um colóquio sobre o tema “Toureio a Cavalo e a Arte de Pegar Toiros”, sendo a mesa de oradores composta por Arlindo Teles, Presidente da Direcção da TTT, Eng. João Franco, antiga glória da forcadagem nacional, David Leandro, conceituado critico da Revista Novo Burladero, Dr. José Lourenço, Director do Jornal “Diário Insular” e Tiago Pamplona, cavaleiro recentemente alternativado que recebeu no fim do colóquio uma Homenagem pela sua passagem a cavaleiro profissional. Esteve também patente uma exposição de serigrafias, de tema taurino, da autoria de José Nuno da Câmara Pereira.
O colóquio começou com uma breve apresentação pelo Presidente da Direcção da TTT dos intervenientes, de seguida o Eng. João Franco falou-nos de como foi em números a passada época taurina, baseando-se como não podia deixar de ser sobre o tema da forcadagem, aludindo ao facto de na sua opinião existirem demasiados grupos de forcados para a dimensão da nossa tauromaquia , David Leandro falou-nos também da época transacta no que concerne ao toureio a cavalo e do actual panorama taurino, falou-nos também de como vê e sente o toureio equestre na sua mais pura essência ou seja o verdadeiro toureio à portuguesa, o Dr. José Lourenço trouxe até nós um estudo por ele realizado dos gastos que “uma empresa” (cavaleiro tauromáquico) tem desde do seu investimento inicial, da sua manutenção e conseguinte retorno, falou-nos também que em sua opinião a tauromaquia regional tem muito para crescer, podendo e devendo ser investida em algumas Ilhas dos Açores, apontado por exemplo a Ilha de São Miguel.
Este colóquio decorreu de forma interessante com a intervenção de vários coloquiantes de entre eles Raul Pamplona, Duarte Bettencourt, João Carlos Pamplona, Ricardo Jorge, Adalberto Belerique, Ildebrando Ortins e Duarte Pires, tendo-se prolongado pela noite dentro.
De parabéns está a TTT por mais esta feliz organização.

Duarte Bettencourt

0 comentários: