julho 28, 2007

Uma resposta ao comunicado do empresário João Duarte

O Terceira Taurina recebeu do aficionado Carlos João Ávila, uma resposta ao comunicado do empresário da Corrida do Emigrante, João Duarte, aqui publicado a 27 de Julho e que passamos a transcrever na integra.
"Aficionados:
Não quero deixar de, e se me deixarem a título particular, manifestar o meu repúdio pelo conteúdo do "Comunicado de João Duarte", à Corrida do Emigrante na Ilha Terceira.
Meus amigos; - o que se passou, é o que deveria passar-se em todas as Praças de Toiros em Portugal: _ cinco de sete novilhos - toiros adquiridos por João Duarte a David Ribeiro Telles, e embarcados no mês de Abril, foram rejeitados ao serem pesados na balança da Praça, por não terem o peso mínimo (400Kgs), para uma Corrida de Toiros,
Houve seriedade do Director de Corrida e do Veterinário, os visados no comunicado de João Duarte, e mais uma vez, coragem.
No ponto 1 do seu Comunicado, J.D, diz que foram fazer o reconhecimento e lotear os toiros ao campo. O Responsável pela organização da Corrida do Emigrante, esquece-se de dizer que o reconhecimento e loteamento era condicionado, precisamente porque os toiros tinham que ser pesados na balança certificada, da Praça de Toiros Ilha Terceira.
No ponto 2 do seu desespero, João Duarte diz que foi surpreendido pela recusa de dois toiros. Foi o único a ficar surpreendido, porque quem já tinha visto os novilhos, não ficou admirado. Quem lida com gado bravo, sabe que, se meterem toiros ou novilhos acabados, no verde, eles vão inevitávelmente perder peso.
E, por favor, à pesagem dos toiros, assiste o Director de Corrida e o Médico Veterinário que o assessora ; - mais ninguém!
E a talho de foice, não foram dois mas sim cinco, os novilhos de Vale de Sorraia rejeitados por falta de peso.
Quanto ao resto do Comunicado de João Duarte, é o costume: - meias insinuações, meias suspeições, meias inverdades e, como já nos habituou, lançar poeira para colher tempestades.
Viva a aficion destas Ilhas Açoricas que vai pouco a pouco, arranjando anti corpos para estes empresários de Verão, que se vierem por bem, serão muito bem - vindos, mas que assim, não!
E, já agora, um bem haja para o Director de Corrida (José Valadão) e para o Veterinário ( Dr. José Vielmino), que souberam dar uma lição de saber dirigir com classe uma Corrida, à qual o público encheu as bancadas.
António Ribeiro Telles, Rui Salvador e Vítor Mendes, bem como os dois Grupos de Forcados em Praça, principalmente o da Tertúlia Tauromáquica Terceirense com destaque para o cara José Vicente, estiveram em plano superior.
Carlos João Ávila - Ilha Terceira"

0 comentários: