março 29, 2009

A Sorte de Varas

A dez de Outubro do ano 2007 referi-me aqui no Terceira Taurina à sorte de varas com um artigo de opinião "Para quando?", o que escrevi antes volto a afirmar hoje, criem condições e depois então avancem com a almejada, para uns não tanto para outros, sorte de varas.
Os meios de comunicação locais (Diário Insular e aUnião) noticiaram á dias que por petição popular o tema irá ser debatido primeiramente por uma Comissão Parlamentar para depois ser apresentado em plenário no Parlamento Açoriano.
Retirando ilações sobre as notícias em questão, a petição inicial, por acaso a maior, foi a do não à sorte de varas com cerca de um milhar de e-mail's, onde os subscritores alegam e confundem a sorte de varas com a lide integral, alegando que a região ficaria manchada em termos turísticos por consequência dessa autorização, em seguida e pelo sim à sorte de varas com mais ou menos um cento de e-mail's enviados, isto na altura e nos referidos artigos, alegam e não confundem a sorte de varas com a lide integral e até afirmam que seria producente em termos turísticos tal autorização. Depreendo pois que neste milhar de e-mail's possam estar os animalistas como lhes chamam os espanhóis e com certeza alguns aficionados contra aquilo que julgam não ser necessário à festa brava no arquipélago, o que é certo é que esta corrente, porventura organizada, está a ganhar aos pontos em termos estatísticos a corrente do sim.
Deixo-vos o e-mail geral da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores para quem quiser expressar a sua opinião junto da entidade competente.
Como já disse acima tenho a minha opinião formada sobre o assunto mas deixo a quem me visita a possibilidade de se expressar quer no sentido do não quer no sentido do sim. Para isso tem à vossa disposição o meu email para darem a sua opinião sobre o assunto ou se preferirem deixar um comentário, desde que identificados e sem ofensas, neste mesmo post.
Vou também disponibilizar dois questionários sobre o tema, que vos peço desde já que sejam honestos e que votem uma só vez, para que assim o Terceira Taurina possa disponibilizar a quem o visita uma exposição isenta sobre este tão polémico assunto.


Duarte Bettencourt

0 comentários: