fevereiro 01, 2010

Resultado artístico da Final de Atarfe

Decorreu ontem na cidade granadina de Atarfe a final do IV Certame de Rejoneio de Atarfe. Com o cartaz de Não Há Bilhetes sob a bilheteira  a mesma consagrou o cavaleiro português Francisco Palha, como vencedor absoluto desta quarta edição que contou ainda com o grupo de forcados do Ramo Grande, vencedor do concurso para o melhor grupo de forcados do certame.
Lidaram-se toiros de los Millares para os rejoneadores Juan Manuel Cordero, José Antonio Mancebo e Francisco Palha, pegaram os Amadores do Redondo e do Ramo Grande.
Juan Manuel Cordero deu volta no seu primeiro e cortou as duas orelhas ao seu segundo, Mancebo escutou os malogrados três avisos no que saiu em segundo da ordem e no quinto cortou os dois apêndices, Francisco Palha foi o triunfador cortando um total de três orelhas, duas no primeiro do seu lote e uma no segundo.
Os forcados do Redondo pegaram à terceira, segunda e à primeira tentativa e os do Ramo Grande pegaram por intermédio de André Parreira, César Pires e Manuel Pires, os dois primeiros à primeira tentativa e o último à segunda tentativa. Mais uma actuação brilhante dos rapazes da jaqueta rubra do Ramo Grande.
No final foi entregue o rojão de ouro a Francisco Palha como triunfador do certame juntamente com uma poldra da Coudelaria de Diego Ventura, o rojão de prata que premiou o segundo classificado foi entregue ao rejoneador Juan Manuel Cordero.

Duarte Bettencourt

0 comentários: