janeiro 13, 2011

Dicionário Taurino

Aleonado: Com um grande desenvolvimento do terço anterior, lembrando um leão.

Alguacilillo: Segundo a tradição representa a autoridade durante o paseíllo, mandando retirar os transeuntes das arenas para que se procedesse dar lugar ao festejo, é também ele que entrega ao director de curro a chave deste, desempenha ainda funções entre barreiras e recolhe os troféus do toiro entregando-os ao matador de turno.

Alimón: Lance ou sorte que realizam dois matadores, tomando cada um deles um extremo do capote, citando para que o toiro passe por debaixo do capote.

Aliño: Acção de abreviar uma faena, sem qualquer interpretação artística.

Alternativa: Cerimónia em que o matador mais antigo entrega os trastos do toureio ao neófito, com que o converte em matador de toiros.

Alto de agujas: Toiro que tem muita distancia entre a pezunha e a cruz.

Alunarado: Rês de pelagem malhada que sobre o branco apresenta manchas escuras.

Amusgar: Quando o toiro murcha a orelha (para trás), etc., sinal de querer morder, dar coices ou investir.

Anca: Cada uma das duas metades laterais das costas dos cavalos e outros animais. Em bovinos, um pouco para trás e colado aos quadris.

Ancho: Rês, geralmente o macho, com uma distancia grande entre os costados.

Andanada: Localidade coberta para o público, com diferentes níveis.

Andarín: Rês que investe andando não deixando o toureiro colocar-se.

0 comentários: