junho 16, 2011

Exposição "Terceira, Terra de Toiros" no Museu de Angra


"A população da ilha Terceira mantém, nos dias que correm, uma relação tripla com o toiro absolutamente distintiva e única.

De facto, nesta ilha, vamos a uma toirada de praça, temos toiradas à corda e, porque no fundo é disso que se trata, enfeitamos o bezerro para o sacrifício nas festas do Espírito Santo, destinado às esmolas de carne e à função.

Diversão, festa e sacrifício convivem aqui, com raízes conhecidas desde a antiguidade mais remota, e deles a comunidade obtém, do ponto de vista social e anímico, efeitos diferentes.

É a ideia de que o animal, parceiro do quotidiano e do divertimento, é, também, o animal que se consome – no tempo do Espírito Santo, de forma claramente ritualizada.

Assim, talvez se possa concluir que, entre nós, se resolveu aquela aparente oposição entre o Boi, que é, símbolo de sacrifício, abnegação e castidade, e o Toiro, símbolo da força e do poder fecundador da vida renovada."

É este o texto que acompanha o cartaz da exposição "Terceira, Terra de Toiros", no site do Museu de Angra do Heroísmo, com inauguração marcada para hoje, dia 16 de Junho pelas 18 horas.

Senhor aficionado não perca esta exposição sobre Toiros na Ilha Terceira.

0 comentários: